Habitação de Interesse Social: a prática de docência interdisciplinar

Filipe Ungaro Marino, Alvaro Pilares, Raquel Cândido, Gabriel Garcia

Resumo


O direito à moradia, preconizado na Constituição Federal de 1988 e no Estatuto das Cidades de 2001 não é respeitado em sua plenitude no Brasil. A produção de habitação para as camadas de mais baixa renda tem ganhado destaque dentro e fora do universo acadêmico, especialmente com o advento do Programa Minha Casa Minha Vida. Com base nesse panorama, esse artigo apresenta uma pesquisa do tipo descritiva-participante, no qual os autores apresentam a experiência docente e discente da inclusão do projeto de Habitação de Interesse Social (HIS) dentro da grade obrigatória de disciplinas de projeto do curso de Arquitetura e Urbanismo (AU) da UNIGRANRIO, na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro.

O tema ganhou grande proeminência no debate nacional e sua inclusão obrigatória no curso de AU permitiu sua investigação dentro da universidade e a participação dos discentes em visitas à conjuntos e ocupações e no concurso anual de Projetos de HIS promovido pelo Instituto dos Arquitetos do Brasil. Foi averiguado que a experiência tem permitido a formação de futuros arquitetos e urbanistas mais conscientes da realidade social brasileira, além de aprofundar o debate acadêmico sobre o tema e dinamizar o ensino de HIS através da prática interdisciplinar relatada.

Palavras-chave


Habitação de Interesse Social; Baixada Fluminense; Ensino de Arquitetura e Urbanismo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.