LEGADO AFRICANO NA FORMAÇÃO DA CULTURA CEARENSE: UMA REVISÃO TEÓRICA

Maria Elanny Damasceno Silva, Luis Tomás Domingos, Juan Carlos Alvarado Alcócer, Olienaide Ribeiro Oliveira Pinto, Brenda Damasceno Silva

Resumo


Este trabalho tem como objetivo elucidar a influência africana nos traços culturais cearenses. A justificativa está pautada em contribuir para reflexões voltadas ao conhecimento das bases culturais, sociais e históricas do Ceará, ampliando discussões nessa temática. A abordagem metodológica é qualitativa sendo classificada como pesquisa teórica descritiva/explicativa, utilizando de procedimento de revisão bibliográfica de análise de artigos e pesquisas historiográficas. Estabeleceu-se uma certa dificuldade em pesquisar acerca da cultura afro deixada no Ceará, devido as ideologias fundamentadas e impostas pela população dominante na época, tratada como os eurodescendentes. É interessante observar que conhecimentos de origens europeias, por exemplo, são tratados com valorização, percebidos com requinte, enquanto que o saber africano foi desvalorizado durante gerações, sendo tomado a consciência abrangente de seu fascínio cultural, material e imaterial no século atual. A sociedade nega a existência de origens afro descendentes no Ceará, com base em afirmações de que não existiram negros na região. Diante dos estudos existentes, aos poucos o Ceará e o Brasil, assumem suas raízes afrodescendentes, que por longos séculos foi esquecida. Um dos caminhos a seguir na conscientização da importância cultural africana na formação histórica do país está na educação, e mesmo com o crescente estudo da história africana nas redes de ensino do Ceará, a falta de acesso à produção acadêmica também impossibilita a consciência geral dos pilares de nossas vidas.


Palavras-chave


África; Ceará; Resgate cultural

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.