Caracterização dos casos de estupro na cidade de Porto Velho-RO, 2015-2017

Adriana Maria Andrade, Sérgio William Domingues Teixeira

Resumo


O objetivo deste trabalho é descrever os casos de estupro notificados por meio do o Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) na cidade de Porto Velho, no período de 2015 a 2017. Trata-se de um estudo descritivo e retrospectivo. Foram utilizados dados secundários do Sinan a partir de consulta ao seu portal na internet disponibilizado pelo Ministério da Saúde. Foi constatado um total de 420 notificações para o período estipulado. Evidenciou-se que as vítimas foram em sua maioria do sexo feminino (95%), com faixa etária predominante entre 10 a 14 anos (43%), estupradas no interior da própria residência (62,38%), por agressores do sexo masculino (99,5%) e que faziam parte do círculo de convívio das vítimas. Esse estudo ajuda a compreender a necessidade do município em implementar políticas de enfrentamento dos casos de violência contra a mulher não restritas ao momento pós-denúncia, além de fortalecer os órgãos de proteção às vítimas, para que possam atuar inibindo essa prática, sobretudo em casos de repetição intrafamiliar.

Palavras-chave


Violência. Estupro. Porto Velho.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.