Estimativa de dienos conjugados em nafta craqueada e seu produto hidrogenado por cromatografia gasosa com calibração multivariada

Aline Telma Benatto, Carlos Itsuo Yamamoto

Resumo


Para a produção de gasolina com baixo teor de enxofre, a nafta craqueada precisa ser hidrotratada. No entanto, antes deste processo, é necessário reduzir a quantidade de dienos conjugados presentes nesta corrente por conversão em compostos menos reativos, como as olefinas. Portanto, a quantificação desses compostos é imprescindível para a Unidade de Hidrogenação Seletiva (SHU) tanto para nafta craqueada quanto para produto hidrogenado. O objetivo deste trabalho é propor uma metodologia para a quantificação dos dienos conjugados nestas correntes de nafta utilizando a técnica de cromatografia gasosa associada à norma de referência UOP-326 por meio de calibração multivariada pelo método Partial Least Squares (PLS). Esta metodologia apresenta um potencial considerável de redução de tempo de análise e diminuição da relação homem-hora, devido à automação do procedimento experimental. Em um universo de 102 amostras de nafta, divididas em dois grupos, A e B, dois modelos de calibração foram criados e tiveram seus desempenhos avaliados. O modelo obtido para as naftas A e B e separadamente apenas para a nafta B apresentou boa correlação, com fatores de correlação de 0,940 e 0,748, respectivamente, resultando em baixos valores de erro de predição para os conjuntos de amostras utilizadas para validação externa, 0,48 e 0,19, respectivamente.


Palavras-chave


Nafta craqueada; Dienos conjugados; Calibração multivariada.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.