Os prós e os contras da internet para a comunicação comunitária: seu uso aplicado em comunidades periféricas

Michelly Xavier Costa, Adriana Prest Mattedi

Resumo


A principal característica da comunicação comunitária é ser feita pelo povo e para o povo. Seu objetivo é estimular a educação, a cultura e a valorização da cidadania. Nesse contexto, as Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) sempre foram utilizadas por iniciativas comunitárias para a busca de melhores condições de vida, para mudar a realidade local e para promover o debate e a reflexão sobre os problemas comunitários. O uso da internet por essas iniciativas criou oportunidades que as velhas TICs não proporcionaram. Contudo, a internet também possui características que dificultam seu uso. Sendo assim, esse artigo analisa, por meio de pesquisa bibliográfica, os prós e contras do uso da internet como ferramenta de voz para comunidades periféricas. A principal conclusão é que, apesar das oportunidades que a internet pode promover, seu uso não é garantia de desenvolvimento e suas utilizações estão longe de serem ideais para a comunicação comunitária em comunidades periféricas.

Palavras-chave


Comunidades periféricas; Comunicação comunitária; Tecnologias de informação e comunicação.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.