Crescimento inicial de genótipos de Carthamus tinctorius submetidos a inundação

Simone Andréia Roehrs, Aracéli Ciotti de Marins, Claudia Borgmann, Pablo Chang, Reginaldo Ferreira Santos, Deonir Secco, Doglas Bassegio, Luciene Kazue Tokura

Resumo


Carthamus tinctorius é uma cultura oleaginosa com grande potencial para produção de biodiesel. Entretanto, ao longo do ciclo da cultura podem ocorrer alterações quanto a disponibilidade hídrica no solo, fazendo com que as plantas se adaptem a nova condição (falta ou excesso de água) e proporcione mudanças morfológicas durante o seu desenvolvimento. Desta forma, foi objetivo do trabalho avaliar o crescimento inicial de genótipos submetidos a diferentes períodos de inundação. Para isto, dois experimentos em esquema fatorial 2 × 6 foram realizados com dois genótipos de cártamo (IAPAR e IMA-2103) e seis períodos de inundação (0, 24, 48, 72, 96 e 120 horas) 20 dias após a emergência, com quatro repetições. Foram analisadas a altura da planta (AP), diâmetro de caule (DC), comprimento da raiz (CR), massa fresca da parte aérea (MFA) e da raiz (MFR), e massa seca da parte aérea (MAS). Os acúmulos de massa fresca e seca foram afetados pela interação dos fatores. O genótipo IAPAR foi menos sensível a inundação do solo nos dois experimentos, devido ao maior acúmulo de massa fresca e seca, além de maior massa de raízes em condições de inundação.

Palavras-chave


Aalagamento; Cártamo; Tolerância

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.