AS FADAS DO COTIDIANO LIQUIDO-MODERNO: UM ESTUDO SOBRE A TIPOLOGIA DAS FADAS CONTEMPORÂNEAS DE SYLVIA ORTHOF

Idemburgo Pereira Frazão, Adriano Soares

Resumo


Este artigo intenta refletir acerca da forma como a escritora Sylvia Orthof constrói ficcionalmente fadas contemporâneas, utilizando como principal argamassa de suas estratégias, elementos do cotidiano líquido-moderno, para lembrar dos estudos de Zygmunt Bauman acerca da “Vida Líquida”. Mais especificamente, estudar-se-á o que, no presente texto, se denominará “tipologia das fadas”, ou seja, a criação de diversos tipos de fadas orthofianas, que é realizada a partir de uma espécie de desconstrução da visão costumeira, tradicional das fadas. O humor, o tratamento dado à  linguagem, mais particularmente à sonoridade e à ludicidade, também são enfatizados, ao logo das análises de alguns dos textos criados pela autora para crianças.

 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.