REPRESENTAÇÕES SIMBÓLICAS: AS FESTIVIDADES SAGRADAS DA SOCIEDADE ITABIRANA NOS PRIMÓRDIOS DO SÉCULO XX

Cecília Maria Viana Camilo de Oliveira, Abel Camilo de Oliveira Lage

Resumo


Este artigo se propõe a discutir as festas de caráter sagrado na cidade de Itabira/MG, nas primeiras décadas do século XX, compreendendo-as como expressões da cultura e da sociabilidade. As fontes literárias e documentais permitiram que se conhecessem as representações simbólicas dos grupos sociais e dos indivíduos que vivenciaram a cultura local. A delineação teórica desta investigação privilegiou a pesquisa bibliográfica nas áreas da Sociologia, Antropologia e História. As festas, além de expressarem uma prática religiosa, são um meio de manter a tradição, pela repetição de valores e de comportamentos legados. As comemorações religiosas demarcam códigos de comportamentos, valores sociais, reforçam as teias de sociabilidade e atuam como um alicerce para a manutenção da hierarquia social.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.