INTERDISCIPLINARIDADE: APROXIMAÇÕES SOBRE A CONCEPÇÃO DE CORPO NO DISCURSO DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA

Eline das Flores Victer, Jurema Rosa Lopes, Giselle Faur de Castro Catarino

Resumo


O presente estudo se justifica pelas crescentes demandas sociais e culturais de pensar o conhecimento a partir de uma perspectiva interdisciplinar. Assim, problematizar a concepção de corpo no discurso dos professores da escola básica e suas possíveis consequências para o ensino é o objetivo da presente discussão. O campo empírico da pesquisa é formado por uma escola pública situada em Teresópolis, Rio de Janeiro, e o universo dos sujeitos é formado por vinte e dois professores das diversas áreas do conhecimento. Os sujeitos responderam, via WhatsApp, à seguinte pergunta: Qual a sua concepção de corpo? Os resultados apontam o sentido de corpo em quatro abordagens assim apresentadas: corpo como definição didática das ciências; corpo como unidade corpo-mente; corpo como propriedade - meio ambiente – território e corpo como uso, como corpo humano. Concluímos que a maioria das respostas trata o corpo relacionando-o com suas respectivas áreas, sendo necessário problematizar nossas concepções a partir de nossa formação e ampliar nosso olhar em direção à interdisciplinariedade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.