O PAPEL DO CIENTISTA PEDAGÓGICO NUMA SOCIEDADE COMPLEXA: ENTRE A PRÁTICA, O ACADEMICISMO E O COMPROMETIMENTO SOCIAL

Jonathan Guedes da Silva Ricardo

Resumo


O presente trabalho tem por finalidade refletir sobre quem são os pedagogos e qual o papel que esses profissionais e cientistas representam para a construção de determinado tipo de sociedade. Num local privilegiado que estão diariamente, contribuindo para a formação de cidadãos que amanhã desempenharão diferentes papeis numa sociedade altamente complexa como a nossa, o pedagogo tem nas mãos um compromisso que é destinado a poucos. Enfocar-se-á neste trabalho a concepção profunda e verídica do pedagogo não apenas como o profissional que está diariamente nas salas de aula ou nas empresas, mas principalmente como pensadores críticos que estudam o passado, analisam o presente e projetam o futuro de toda uma sociedade. Neste sentido, resgataremos esse papel cientista que tão constantemente é esquecido pelo imaginário comum. Aliás, arrisco dizer que o pedagogo é uma referência no que diz respeito à magnitude de sua importância para toda e qualquer sociedade que, sagaz que é, vê na educação o principal instrumento que visa o desenvolvimento socioeconômico do coletivo, o combate às injustiças sociais e a oportunidade de transformações sociais significativas e que almejam o bem-estar e a vida digna para todos. Finalmente, desvendar-se-ão os constantes obstáculos que esses sujeitos comprometidos com o coletivo enfrentam dentro de uma plataforma que vê nos trabalhos pedagógicos que pregam a formação crítica e integrada uma ameaça para o status quo de indivíduos e grupos sociais que durante muito tempo concentraram as riquezas e os meios produtivos quando da falta de conscientização de uma maioria.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.