NARRATIVAS CONJUGAIS E PARENTAIS: DISCUSSÕES SOBRE PARENTESCO E TÉCNICAS DE REPRODUÇÃO ASSISTIDA EM UMA PESQUISA SOBRE CONJUGALIDADE HOMOSSEXUAL

Rafael Reis da Luz

Resumo


O artigo consiste em um desenvolvimento de pesquisa anterior, na qual investiguei a experiência da conjugalidade homossexual em contexto heteronormativo. No presente texto, parto de recentes contribuições sobre as relações entre parentesco e tecnologias de reprodução assistida para analisar as narrativas sobre conjugalidade e parentalidade de um dos casais de mulheres entrevistadas, e pensar os (des)encontros entre certa ordem familiar instituída e novas configurações. Trata-se de pensar, a partir das formações familiares homossexuais, as implicações das técnicas de reprodução assistida na ordem do parentesco. Através da metodologia da Análise de Discurso, é possível considerar que, nas narrativas do casal, a estrutura simbólica do parentesco é questionada ao mesmo tempo em que é reafirmada, refletindo uma dissonante conjugação de possibilidades de família, inclusive famílias homossexuais.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.