COMO SE SSEMPRE SSE ACUSTUMOU: AS REGATEIRAS E A CIDADE DE LISBOA (SÉCULOS XIV-XV)

Josena Nascimento Lima Ribeiro

Resumo


A questão central a ser trabalhada neste artigo leva em consideração o estudo das figuras femininas relacionadas ao pequeno comércio urbano em Lisboa, nos séculos XIV e XV. Esta reflexão se volta para análise das ações das mulheres no espaço citadino, levando em consideração o tempo e as relações entre os gêneros. Será realizada a partir de documentação concelhia da cidade de Lisboa, como as Posturas do Concelho de Lisboa e o Livro das Posturas Antigas, em versões transcritas e publicadas no fim do século XX. Compreendemos que no ambiente urbano com municipalidades em desenvolvimento, as condições desfavoráveis de renda da população mais pobre fizeram com que o trabalho realizado pelas mulheres ganhasse fôlego. Tal cidade medieval, em concretude, utopia e renovação, foi testemunha das mulheres que exerciam funções para o aprovisionamento de Lisboa.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.