ESCRITA CRIATIVA DO CONTO ENTRE O AMOR E A DOR DE TOMÉ CAITANO: UM INSTRUMENTO DE DENÚNCIA À HOMOFOBIA

Tome Fernandes Caitano, Mariana Rissi Azevedo

Resumo


Este artigo retrata sobre uma temática recorrente na sociedade, a homofobia, e tem como objeto de análise o conto Entre o amor e a dor, fruto da Escrita Criativa de Tomé Caitano, que narra a questão do amor homoafeativo e da homofobia. O Grupo Gay da Bahia (GGB) contabiliza números elevados de vítimas de LGBTfobia, o que coloca o Brasil como campeão mundial de casos LGBTfóbicos. Diante desses registros, percebe-se a necessidade de criar meios que denunciem esses atos violentos, sendo assim, esta pesquisa tem como principal objetivo denunciar homofobia no Brasil, utilizando como ferramenta a Escrita Criativa, e para isso, foi criado o conto Entre o amor e a dor, baseando-se nos princípios metodológicos sugeridos por Gotlib (1991) e Kiefer (2004).  A partir da criação do conto, buscou-se extrair trechos deste, nos quais são demonstrados os impactos causados pela homofobia e analisá-los pelo viés da Teoria Queer, que se apoiou em Jagose (1996), Salih (2017), Sedgwick (2007) e Silva, Silveira e Costa (2016). Por fim, esta análise foi contrastada com a homofobia existente no Brasil, que nos direciona ao entendimento de que a homofobia resiste na nossa sociedade, se apresentando em diferentes formas de repressão e, além disso, esta pesquisa nos revela que a Escrita Criativa pode ser utilizada como instrumento de denúncia às diversas formas de preconceito, pois, de certo modo, leva os leitores a refletirem sobre determinadas problemáticas sociais, como no caso desta pesquisa, a homofobia. 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.