EDUCAÇÃO INCLUSIVA: ENTRE O IDEAL E O REAL NA INCLUSÃO EDUCACIONAL DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA NO SISTEMA DE ENSINO REGULAR DA CIDADE DE MANAUS.

Susy Ellen Pacheco da Silva

Resumo


O presente estudo tem como objetivo analisar a questão da inclusão educacional das pessoas com deficiência considerando a realidade social e as dificuldades das mesmas quanto ao acesso ao sistema de ensino regular na cidade de Manaus. A educação inclusiva é uma questão complexa e que se insere na sociedade, como forma de garantir as pessoas com deficiência seu acesso a educação na rede de ensino regular. A educação inclusiva hoje no Brasil e, particularmente no Estado do Amazonas tem ganhado espaço garantindo as pessoas com deficiência, o acesso a educação e a escola regular. Diante disso, este estudo se propõe a conhecer as principais políticas públicas voltadas para as pessoas com deficiência, identificando a importância da educação na realidade social das pessoas com deficiência, considerando suas dificuldades de acesso ao sistema de ensino regular e os benefícios da educação inclusiva para o exercício da cidadania dessas pessoas na cidade de Manaus. Porém, para a realização deste estudo foi necessário selecionar as escolas regulares que trabalham com a educação inclusiva em Manaus. Assim, a coleta de dados foi realizada por meio de formulários com perguntas abertas e fechadas e entrevistas com os sujeitos da pesquisa, além de levantamento do histórico das instituições e informações concernentes a matrículas desses alunos. O lócus da pesquisa foram a Escola Estadual Professora Hilda de Azevedo Tribuzy e Escola Municipal Engenheiro João Alberto Meneses Braga. Esta pesquisa caracteriza-se pela utilização do método dialético que permite a compreensão do objeto na realidade dos sujeitos pesquisados, tendo esta caráter exploratório e uma abordagem quanti-qualitativa em que se trabalha o universo dos significados, dos valores e atitudes do sujeito-objeto de estudo. A amostra dessa pesquisa é de 18%, onde foram selecionado 20 sujeitos, sendo pais ou responsáveis pelos alunos com deficiência, professoras, pedagogas e gestores. Assim, esta pesquisa constitui-se numa forma de reconhecer e analisar a existência de instituições que ofereçam atendimento educacional as pessoas com deficiência na rede de ensino regular de Manaus, que tem criado políticas públicas voltadas a garantia do acesso desses alunos as escolas regulares de educação, mas que no entanto, não conseguem eliminar a segregação e a exclusão educacional ainda intensamente presente. Para que haja a real garantia do acesso a educação por parte das pessoas com deficiência no município, é preciso que essas políticas públicas de educação sejam revistas, e que as escolas regulares recebam o suporte necessário para assegurar este acesso e a permanência desses alunos em seus espaços. Portanto, conclui-se que as políticas públicas de educação atuais não conseguem obter êxito na garantia da educação aos alunos com deficiência, visto que estas são descontínuas e fragmentadas, sendo que nossas escolas e nossos profissionais da educação também não possuem capacitação e nem preparação para receber estes alunos e oferecer a eles uma educação de qualidade em igualdade de direitos com os demais alunos sem deficiência.

 


Apontamentos

  • Não há apontamentos.