A TRAJETÓRIA HISTÓRICA DAS POLÍTICAS SOCIAIS PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES NO BRASIL

Natália Lima Batista Bastos Furman, Sueny dos Santos Nogueira, Rosangela Alves da Costa, Elaine Marques Bastos, Evellyn Ribas Rocha da Silva

Resumo


Este artigo tem como foco principal elucidar sobre os avanços e desafios na implantação de políticas públicas voltadas para a infância e a adolescência. Para que se sucedesse tal reflexão, foi realizada uma análise bibliográfica de cunho explorátorio, pois diante dos avanços ocorridos na legislação da infância, neste ano de 2018 o ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente completam 28 anos e muitos avanços ocorreram, porém percebe-se ainda muitos casos de violação dos direitos da criança e do adolescente, assim como um falta de interesse político para a o combate a toda forma de violação dos direitos. Diante do cenário da baixada fluminense, que tem sua marcva no coronelismo e nas política sociais atuação de diferentes profissionais por indicação política, verificou-se que os desafios para que as políticas públicas sejam efetivadas não se é meramente prolatação e averborragia, mas percebe-se de forma efetiva que há necessiadede de maior mobilização e participação social para que os serviços de atendimento, proteção e responsabilização estejam artivulados e atentos à proteção e na viabilização das políticas sociais.

Palavras-chave: Políticas públicas, criança e adolescência, direitos


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.