Racismo Institucional na Saúde

Solange Ventura Biato, Adriano Pereira Basilo de Oliveira

Resumo


O presente artigo se propõe a refletir sobre racismo institucional, a partir da percepção do racismo no Brasil através de suas raízes, e como esse histórico de segregação e desigualdade ainda se reflete nas políticas sociais, em particular no segmento saúde, sob viés das ações afirmativas adotadas para o enfrentamento do racismo institucional nas unidades públicas vinculadas ao SUS. Através de pesquisa bibliográfica pudemos analisar o conceito de racismo, o quanto a abrangência do preconceito e discriminação em razão da cor da pele e etnia, praticado nas diversas instituições, afeta diretamente a população negra enquanto usuária desses organismos, além das condutas implementadas em todo o país no intuito de dirimir tal atuação no âmbito institucional.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.