Violência e Desigualdade: Reflexo do Sistema Penitenciário Brasileiro

Diego Augusto Rivas dos Santos, Patrícia Coelho

Resumo


O sistema penitenciário brasileiro é reflexo de uma sociedade que passou por uma ditadura militar e mesmo após sua redemocratização, reproduz uma cultura punitivista prioritariamente dirigidos aos negros e pobres.   A prisão cumpre muito bem o seu papel de controle social, privação de liberdade, mas também de punição, de tortura. Um sistema que vive em um estado de constante violência, com as mais variadas formas de violação dos Direitos Humanos, com poucas perspectivas de após cumprimento de pena, o indivíduo ter a possibilidade de uma vida diferenciada. O presente artigo pretende realizar uma breve análise crítica sobre o sistema penitenciário brasileiro, levando em consideração a historicidade, tendo em vista que a ordem societária na qual estamos inseridos é por essência contraditória e desigual. Utilizamos para este trabalhado uma análise bibliográfica de autores que discutem esta temática e dados estatístico de órgãos oficiais.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.