O SERVIÇO SOCIAL E A INTERVENÇÃO NO TRABALHO COM AS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS: possibilidades frente as influências do tráfico de drogas

João Vitor Bitencourt, Elaine Moreira de Almeida

Resumo


Resumo: O presente artigo tem o objetivo de refletir sobre as questões ligadas aos adolescentes que cumprem medidas socioeducativas de internação na relação com o fenômeno do tráfico de drogas, contando com a dados da realidade vivenciada em intervenções na Fundação de Atendimento Socioeducativo do Rio Grande do Sul (FASE/RS). Considera-se a conjuntura atual marcada por retrocessos, pela precarização e pelo sucateamento das políticas sociais e pelas perspectivas conservadoras e moralizantes empregadas no tratamento dispensado ao público adolescente, residentes de territórios de vulnerabilidade social. Percebe-se a importância da promoção de espaços para o diálogo/reflexão acerca de temas expressos da própria realidade desse segmento. O profissional de Serviço Social deve ter claro que o compromisso fundamental é o de promover a valorização das realidades dos adolescentes, problematizando as suas trajetórias a partir de metodologias que se vinculem a dinâmica presente.

 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.