Contribuição do Laboratório Virtual de Química – Virtual Lab – para o Ensino-Apredizagem das Reações Químicas Inorgânicas

Flávia Alexandra Gomes de Souza, Gisele Capaci Rodrigues, Herbert Gomes Martins

Resumo


Para o aprendizado da Química é necessário uma alta dose de abstração para que seus conceitos sejam assimilados. Diante das dificuldades os alunos se sentem desestimulados e entediados (RUBERT, 2011). Estudos de representações sobre a química indicam que os estudantes possuem dificuldades em transitar entre os níveis de representações macroscópico, microscópico e simbólico (RAUPP et al, 2009). A metodologia utilizada em sala de aula, não possibilita que o aluno atinja um desenvolvimento intelectual suficiente para proporcionar a aprendizagem de conteúdos/conhecimento na área de Química. O material didático disponível possui um conteúdo desvinculado do cotidiano do aluno e a forma de abordagem dos temas não contribui para o desenvolvimento intelectual do aluno (EICHLER; PINO, 1999).

A teoria da aprendizagem segundo Vygotsky na educação é uma forma teórica ampla que reúne as várias tendências atuais do pensamento educacional. Nela o professor tem a possibilidade trabalhar o conteúdo usando a experimentação junto a seus alunos estreitando interação entre aluno-professor, aluno-aluno objetivando a construção do conhecimento em Química. Esta teoria pode ser considerada ideal para ser aplicada na área da Química tendo como foco principal a experimentação com intuito de objetivar a aprendizagem individualizada do aluno para atingir o desenvolvimento sócio-cultural e a construção do saber em Química (SOARES, 2005).

A atividade experimental possibilita a introdução de conteúdos a partir de seus aspectos macroscópicos, por meio de análise qualitativa de fenômenos. Porém, a maior parte das escolas de ensino médio brasileiras não possuem infraestrutura laboratorial necessária para a realização de experimentos práticos (SILVA, 2010).

A inserção do computador nas escolas, como instrumento auxiliar de ensino às aulas convencionais, vem crescendo progressivamente em todo o mundo, sua utilização tem se tornado uma tendência global. (NOGUEIRA et al, 2000).

As tecnologias de informação e comunicação (TICs) podem ser definidas como um novo conjunto de ferramentas, suportes e canais para o tratamento e acesso à informação. A crescente disponibilização de ferramentas e dispositivos de realidade virtual faz com que o computador seja utilizado como uma poderosa ferramenta didática na transmissão dos conteúdos abordados, não existindo limitações de idade na aplicação da tecnologia na educação, podendo beneficiar-se alunos desde o ensino fundamental até os universitários (VIEIRA, 2011).

Os laboratórios virtuais de química (LVQs) são um importante exemplo de ambiente virtual de apredizagem, onde o estudante pode simular experiências, que possibilitem uma direta interatividade com os assuntos abordados em sala de aula.

Este trabalho tem como objetivo geral estudar a contribuição do simulador de experimentos, laboratório virtual da Pearson, Virtual Lab, como ferramenta de aprendizagem na formação do licenciado em química sobre o tema reações químicas inorgânicas. E como produto será produzida uma sequência didática do uso do laboratório virtual para motivar a aprendizagem significativa do ensino de química no nível médio.

Um grupo de aproximadamente 10 alunos do curso de licenciatura em química receberá o treinamento para o uso do laboratório virtual, Virtual Lab. Em seguida, serão realizadas algumas experiências sobre o assunto reações químicas, previamente selecionadas.

Como método de coleta de dados um grupo focal será formado, procurando integrar o grupo para que seja propiciada uma coleta de dados rica e flexível. O objetivo do grupo focal é de coletar as impressões dos alunos da licenciatura em química sobre o uso do laboratório virtual, a sua contribuição como objeto de aprendizagem, assim como possíveis dificuldades encontradas, se grupo ficou motivação com o uso da ferramenta e como assunto reações químicas inorgânicas foi abordado.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.