Jogos e atividades lúdicas como instrumentos motivadores do aprendizado de Química no Ensino Médio

Ligia Oliveira Gomes, Douglas Marcelo Merquior

Resumo


Nas últimas décadas, os jogos didáticos vêm ganhando espaço e notoriedade nas salas de aula, onde os professores utilizam essa ferramenta como meta para complementar seus recursos educativos e tornar a aula mais dinâmica e interativa. Os jogos fazem parte da vida de todos os seres humanos. A relação entre o jogo e o aprendizado facilita a compreensão dos conteúdos abordados dentro de sala de aula. Este trabalho tem por objetivo a confecção e aplicação de jogos voltados ao ensino de Química Orgânica no ensino médio, onde a temática abordada será o reconhecimento de funções orgânicas e a mensuração da relevância da aplicação de tais atividades lúdicas como meio alternativo para o ensino de química, visando melhor assimilação dos conteúdos abordados dentro de sala de aula, aproximando, portanto, o aluno ao conteúdo. A metodologia do presente trabalho inclui pesquisa bibliográfica descritiva e qualitativa, usando a pesquisa-ação para coleta de dados. Quanto à coleta dos dados, será realizada no ano letivo de 2015.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.