Roteiro Integrado da Civilização do Açúcar: algumas considerações sobre o processo de planejamento e desenvolvimento do turismo no estado de Alagoas

Silvana Pirillo Ramos, Levy Felix Ribeiro

Resumo


No Programa de Regionalização do Turismo — Roteiros do Brasil, por meio do Projeto Rede de Cooperação Técnica, desenvolvem-se roteiros turísticos em diferentes regiões do País, que viabilizam a interiorização do turismo e um novo modelo para essa atividade econômica que atenda às novas tendências de mercado. O roteiro proposto para a região nordeste do País é o Roteiro Integrado da Civilização do Açúcar (RICA) que integra os estados de Pernambuco, Alagoas e Paraíba em uma proposta de trabalho centrada na herança cultural açucareira: os engenhos, a cachaça, o melaço, o artesanato e a gastronomia. Observado esse escopo, neste artigo, analisam-se o processo de planejamento e de desenvolvimento do RICA, no estado de Alagoas, por meio de documentos e entrevistas com gestores de turismo dos municípios envolvidos, a fim de identificar as falhas no processo de planejamento e de desenvolvimento do Roteiro. Como resultado, apresenta-se o levantamento de fatores impeditivos do desenvolvimento do RICA; entre eles, a dificuldade de consolidação do grupo gestor e de efetivação do planejamento participativo. Trata-se de uma reflexão sobre as peculiaridades da atividade econômica do turismo no espaço e a necessidade de uma metodologia de planejamento que identifique estruturas de poder e possa garantir a efetividade das instâncias de participação.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais