Impactos socioculturais do turismo em comunidades insulares: um estudo de caso no arquipélago de Fernando de Noronha-PE

Gisela Maria Rezende de Souza, Nelson A. Quadros Vieira Filho

Resumo


Neste artigo, aborda-se o tema dos impactos socioculturais do turismo em comunidades insulares com base em um estudo de caso no arquipélago de Fernando de Noronha. O foco é a análise da percepção da comunidade em relação ao turismo e ao contato entre ilhéus e turistas no período de 1987 a 2009. A metodologia utilizada envolveu observações diretas, aplicações de questionários e entrevistas. Conclui-se que o turismo, em Fernando de Noronha, não só gera trabalho e renda, mas também atua como agente de transformação da identidade local, causando importantes custos sociais. Em um mundo cada vez mais globalizado, torna-se complexo diferenciar os impactos gerados pelo turismo que ocorrem em contextos socioculturais extremamente dinâmicos.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais