Turismo sustentável: um estudo de caso referente à manutenção do Programa Bandeira Azul, em Jurerê Internacional

Luís Moretto Neto, Juliana Pereira, Samuel Felippe

Resumo


O conceito de sustentabilidade passa a ter notoriedade em vários segmentos, e o turismo é uma das áreas em discussão. Algumas certificações surgem visando ao desenvolvimento sustentável; entre elas, o Programa Bandeira Azul, que se configura como uma certificação
ambiental que busca elencar uma série de implementações que tornem praias e marinas referências para turistas que buscam o lazer numa perspectiva responsável. No cenário brasileiro, no ano de 2009, a primeira praia a obter tal certificação foi Jurerê Internacional, situada ao norte de Florianópolis, capital de Santa Catarina. Pelo presente estudo, visa-se a descrever um panorama das estratégias de manutenção adotadas no primeiro ano de implantação do Programa na praia de Jurerê Internacional, evidenciando-se o andamento e as medidas desenvolvidas, além do impacto na sociedade local da região. A metodologia utilizada foi a
de estudo de caso, utilizando-se, como instrumentos, a entrevista com os responsáveis da certificação do selo internacional no Brasil e a associação de moradores do local, assim como a análise documental e a técnica de observação não participante. Algumas medidas precisam ser repensadas, visando ao prosseguimento do Programa em Jurerê Internacional, visto que a certificação para a temporada 2010/2011 foi suspensa em 28 de janeiro de 2011, em função do não cumprimento de alguns critérios, tais como o não comprometimento da parceria pública e a fraca mobilização dos usuários da praia.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais