EDITORIAL

Deborah Zouain

Resumo


O presente número da Revista Eletrônica Observatório de Inovação do Turismo do Núcleo de Turismo, da EBAPE/FGV, destaca os quatro artigos apresentados, sob a forma de um painel, no XII Congresso Internacional do CLAD (Centro Latino-Americano de Administração para o Desenvolvimento), ocorrido no mês de outubro de 2007, na cidade de Santo Domingo (República Dominicana).

Vale salientar a possibilidade de ter sido esta a primeira vez que o tema abordado no painel – exploração sexual de crianças e adolescentes - tenha sido abordado nos congressos do CLAD. A seqüência dos artigos, ao longo da Revista, obedece àquela das apresentações no Congresso: “A criação do Programa Turismo Sustentável & Infância do Ministério do Turismo do Brasil: o desafio do enfrentamento à exploração de crianças e adolescentes no turismo”, texto de Fabiana Gorenstein, descreve o papel da sociedade civil organizada do Brasil na sensibilização do governo para assumir os compromissos com a infância, estabelecidos na legislação nacional com o Estatuto da Criança e do Adolescente, e, na internacional, com a Convenção Internacional dos Direitos da Criança.

O artigo seguinte, “Observatório de Inovação Social do Turismo: o envolvimento da academia, governo e sociedade civil organizada no combate a exploração sexual de crianças e adolescentes no turismo”, redigido por Luiz Gustavo Medeiros Barbosa e Cristiane Rezende, contribui para a discussão de uma proposta de cooperação interinstitucional entre a academia, o setor público e organizações nãogovernamentais, com o propósito de gerar mudanças positivas nas realidades locais que se deparem com a exploração da criança e da adolescência no setor turístico. O penúltimo texto, “A responsabilidade social das empresas ligadas ao turismo em relação ao combate da exploração sexual de crianças e adolescentes”, redigido por Deborah Moraes Zouain e Carlyle Tadeu Falcão, tem como escopo a promoção de um prêmio concedido pelo Observatório (2008), que identifique projetos de ação social desenvolvidos por empresas turísticas brasileiras que apresentem, em seus objetivos, o combate à exploração sexual de crianças e adolescentes.

Finalmente, o artigo “Premiação e disseminação de práticas públicas: análise de casos e o potencial multiplicador do Prêmio de Responsabilidade Social em Turismo”, elaborado por Marco Antonio Carvalho Teixeira, teve por objetivo desenvolver uma reflexão acerca de como a identificação e a disseminação (entendida como difusão e circulação de informações) de práticas públicas, pode contribuir para melhorar os processos de concepção, planejamento e gestão das políticas sociais. Portanto, o presente número, que constitui uma inovação na medida em que o tema abordado, ainda carece de massa crítica que promova a eliminação daquilo que tem sido, no Brasil e alhures, a imagem pervertida da possibilidade do Brasil como destino turístico.


Texto completo:

PDF


Direitos autorais