DESCRIÇÃO DO PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DA RAIVA NO ESTADO DO RIO

Silvia Cristina Carvalho

Resumo


A raiva é uma zoonose de etiologia viral, que pode apresentar-se sob os ciclos de transmissão: urbano, rural, silvestre terrestre e silvestre aéreo. É considerada um grave problema de saúde pública, por sua letalidade em 100% dos casos, além do elevado custo nas ações de controle. O objetivo deste trabalho foi descrever o perfil epidemiológico da raiva no Estado do Rio de Janeiro. Dentro do Plano Nacional de Profilaxia da Raiva (PNPR) criado no Brasil em 1973, as secretarias estaduais de saúde têm como objetivo o controle da raiva humana, e a secretaria estadual de agricultura, o controle da raiva em herbívoros. A partir da década de 80, quando da introdução das campanhas de vacinação maciça em cães e gatos, houve um decréscimo importante no número de casos da doença entre essas espécies, fator que interferiu diretamente na diminuição da transmissão no ciclo urbano, porém no ciclo rural, a transmissão se mantém devido à presença do morcego neste meio.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.