DESORDENS SOCIAIS E SOCIOECONÔMICAS AFETANDO A SAÚDE BUCAL

Bianca Lima, Mariana Quindeler, Ernesto Garcia, Tula Barradas, Leila Chevitarese

Resumo


A típica discrepância social, afeta não somente condições básicas de vida, como moradia, saúde, escolaridade, higiene entre outras necessidades, que muitas vezes não tem uma devida atenção. Mais infelizmente são essas necessidades básicas que começam a afetar todo o conjunto social de uma família. Quando pensamos na saúde bucal, a situação se agrava, pois muitas vezes há necessidade de, por exemplo, alimentação que é muito mais necessária do que a atenção com problemas bucais, e vemos que é praticamente uma condição hereditária, pois crianças também não têm a consciência do valor das necessidades bucais.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.