INFLUÊNCIA DO ESTÁGIO NÃO-OBRIGATÓRIO PARA A SEGURANÇA DO PACIENTE: RELATO DE EXPERIÊNCIA NUMA INSTITUIÇÃO PRIVADA

Andressa Aline Bernardo Bueno, Cintia Silva Fassarella

Resumo


A experiência, adquirida com a prática, não somente da observação, torna-se fundamental aos principiantes, sobretudo, o aumento de horas dentro do ambiente clínico, oportunizando maior vivência. O escopo foi descrever a experiência de acadêmicos de enfermagem durante um programa de estágio não-obrigatório, bem como sua influência para uma assistência de qualidade e segura para o paciente através da criação de identidade profissional. Trata-se de um relato de experiência sobre a participação de acadêmicos de enfermagem durante um programa de estágio não-obrigatório durante 12 meses num hospital privado acreditado nacional e internacionalmente. O grupo passou pelos quatro setores de Terapia Intensiva existente no hospital, visualizando todos os processos e rotinas peculiares o que permitiu a construção do perfil profissional e adoção de práticas mais seguras. O estágio influenciou positivamente durante nossas avaliações obrigatórias na faculdade, nosso comportamento e crescimento profissional, sobretudo o incorporamento da ideologia da segurança do paciente.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.