COMUNICAÇÃO NO CONTEXTO HOSPITALAR COMO ESTRATÉGIA PARA A SEGURANÇA DO PACIENTE: REVISÃO INTEGRATIVA

Juliana Barbosa Guarilha, Michelle Albuquerque de Andrade, Andressa Aline Bernardo Bueno, Cintia Silva Fassarella

Resumo


Este artigo tem como escopo discutir a comunicação no contexto hospitalar como estratégia para a segurança do paciente. Trata-se de um estudo exploratório com abordagem qualitativa, e para o alcance do objetivo, optamos pelo método da revisão integrativa. Foi realizado um levantamento bibliográfico na base de dados Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), Scientific Electronic Library Online (SciELO), Revista Enfermagem UERJ, Escola Anna Nery e Online Brazilian Journal of Nursing (OBJN), com os seguintes descritores: segurança do paciente, comunicação, hospitalização e enfermagem. Foram considerados artigos científicos em português no período de 1990 a 2012, na íntegra e que o resumo estivesse relacionado ao objeto deste estudo. Foram selecionados 11 artigos, onde adotou-se a Análise Temática e emergiram as seguintes categorias: Comunicação em situações de cuidados paliativos; Comunicação no período perioperatório; Comunicação para segurança do paciente. Este estudo evidencia que um profissional preparado e competente em comunicação constrói uma relação estruturada através de informações trocadas, diminuindo os riscos e falhas para seu paciente, favorecendo uma melhor segurança, promovendo qualidade na saúde sem gerar danos, o profissional se mostra mais aberto a criação de vinculo para com seu paciente.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.