A COMUNICAÇÃO ENTRE EQUIPE DE ENFERMAGEM E ACOMPANHANTE VISANDO Á SEGURANÇA DO PACIENTE ONCOLÓGICO DURANTE O PROCESSO DE HOSPITALIZAÇÃO

Daniela Souza de Miranda da Cruz, Silvia Leticia Barbosa Pedro, Cintia Silva Fassarella

Resumo


O objetivo é descrever a importância da comunicação entre equipe de enfermagem e acompanhante, visando à segurança do paciente oncológico durante o processo de hospitalização. Trata-se de um estudo com abordagem qualitativa, bibliográfico do tipo descritivo realizado com base na BVS, LILACS, SciELO, Revista Enfermagem da USP, Escola Anna Nery, Revista Brasileira de Cancerologia e Revista Gaúcha de Enfermagem com as seguintes palavras-chave: câncer, hospitalização, acompanhantes de pacientes, comunicação e segurança do paciente. Como critério de inclusão: artigos escritos na língua portuguesa através de textos completos encontrados em meio eletrônico no período de 1998 a 2012, que abordassem o tema proposto, relacionado com o objetivo deste estudo. Análise constou de agrupamento dos dados por categoria temática dos 9 artigos. Categorias: a) A importância da relação e participação familiar junto ao paciente oncológico no processo de hospitalização; b) A inter-relação do acompanhante com a equipe de enfermagem e; c) A comunicação como fator relevante para a segurança do paciente oncológico. O acompanhante é de extrema importância na recuperação e bem estar para o paciente oncológico. Por isso se faz necessário que os profissionais de enfermagem prestem um atendimento de qualidade e de forma humanizada, através de uma comunicação clara e objetiva, favorecendo assim a participação do acompanhante no tratamento do paciente oncológico a fim de proporcionar segurança. De maneira que venha contribuir para uma relação de confiança entre profissional de enfermagem e acompanhante, auxiliando na superação dos sentimentos negativos que os acomete durante o processo de hospitalização de um ente querido. 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.