O CONHECIMENTO DA EQUIPE DE ENFERMAGEM SOBRE AS MEDIDAS PREVENTIVAS DAS ÚLCERAS POR PRESSÃO: UMA REALIDADE?

Aline Ramos de Carvalho Pinto, Diego Antunes Brazileiro, Verônica Caé da Silva

Resumo


Este estudo tem como objetivos: Identificar o conhecimento dos profissionais da enfermagem acerca dos fatores de risco que predispõem as ùlceras por pressão e as medidas preventivas e apresentar os fatores impeditivos a aplicabilidade das ações preventivas apontadas pela equipe de enfermagem. O interesse pelo estudo surgiu a partir da vivência acadêmica de um dos autores, onde observou-se que embora o conhecimento sobre as medidas preventivas seja incorporada a grade curricular na formação destes profissionais, as ações interventivas associadas aos fatores de risco, de modo geral, não são valorizadas e aplicadas de forma efetiva. Surgindo assim os seguintes questionamentos: Será que a equipe de enfermagem possui o conhecimento dos fatores que predispõem as ulceras por pressão e sobre às medidas para preveni-las? Que fatores impedem a aplicabilidade destas ações?  . A coleta de dados foi realizada em um hospital de grande porte do Estado do RJ, junto a equipe de enfermagem, iniciada após o consentimento da instituição e dos sujeitos e da apreciação e aprovação do estudo pelo Comitê de Ética da UNIGRANRIO sob o número de protocolo CAAE - 0065.0.317.000-11. Acreditamos que este trabalho traga subsídios para repensarmos a prática de enfermagem. Ressaltamos que as ações de enfermagem devem se focar aos aspectos da prevenção, e a partir desta investigação foi possível pontuar as fragilidades identificadas junto a equipe de enfermagem e direcionar o trabalho da educação permanente para um treinamento em serviço.

 

 Descritores: úlceras por pressão, cuidados de enfermagem, atenção a saúde

 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.