ACOLHIMENTO COM CLASSIFICAÇÃO DE RISCO: DESTAQUES AOS ASPECTOS RELEVANTES A SUA IMPLANTAÇÃO NOS SERVIÇOS DE SAÚDE

Aline Ramos Pinto, Valnei Alves Garcia, Sabrina Meira de Araujo, Thiago Tavares Rodrigues, Alcinéa de Almeida Silva, Rafaela Laureano Salgado

Resumo


Trata-se de um artigo de revisão de literatura que tem como objetivo Discutir a implantação do Programa de Acolhimento com Classificação de risco no contexto da saúde do País. O interesse pelo tema surgiu a partir das atividades práticas dos acadêmicos de enfermagem do quarto período em uma Unidade Mista de Atendimento pré-hospitalar localizada no Município de Duque de Caxias, onde a partir de uma observação assistemática foi possível identificar que embora este serviço fosse implantado na referida unidade, o modelo de atenção ainda assemelhava-se a triagem, ferindo alguns princípios do protocolo estabelecido pelo Ministério da Saúde. Deste modo surgiu o interesse em propor reflexões acerca da História da implantação da Classificação de risco no país, as dificuldades existentes no atendimento ao protocolo, bem como a atuação do enfermeiro neste novo campo de saber-fazer. Acreditamos que a adoção desta estratégia em saúde favorece a organização do atendimento, contudo se faz necessário a disponibilidade de recursos humanos, com capacitação profissional, suporte técnico e educação em saúde para a compreensão do usuário quanto a lógica da reorganização dos serviços de saúde.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.