CÁRIE DA PRIMEIRA INFÂNCIA: CONHECER PARA PREVENIR

Letícia Závoli Macedo, Michelle Mikhael Ammari

Resumo


A cárie dentária continua sendo uma das grandes preocupações da odontologia contemporânea, especialmente da odontopediatria. Devido à sua origem multifatorial e complexa, além da incapacidade da criança controlar sozinha todos os fatores que influenciam no seu aparecimento, com isso, este trabalho teve por objetivo incentivar a prevenção da cárie da primeira infância através do conhecimento desta doença. Foram utilizadas bases de dados PUBMED, LILACS e SCIELO, no período entre março de 2011 a março de 2012, buscando filtrar e selecionar trabalhos relacionados aos fatores causais da cárie da primeira infância. De acordo com a análise dos artigos estudados, pôde-se considerar que a etiologia da referida doença está fortemente associada a fatores como higiene bucal deficiente, hábitos alimentares inadequados e transmissibilidade dos microrganismos cariogênicos. Além disso, outros fatores são relacionados, como condições socioeconômicas, culturais, psicológicas e comportamentais, podendo comprometer a qualidade de vida e o bem-estar da criança. A abordagem precoce da saúde bucal na criança é de suma importância, visto o impacto que promove no decorrer de toda sua vida. Com isso, sua prevenção deve ser priorizada de modo mais precoce possível, através de uma abordagem multiprofissional, para repercutir em saúde bucal não só para bebês e crianças, mas para todo o núcleo familiar.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.