AVALIAÇÃO DO CONSUMO DE ALIMENTOS FUNCIONAIS EM PORTADORES DE SÍNDROME METÁBOLICA

Mirna Ribeiro Alves, Nathália Gonçalves Gomes Pereira Lima, Suzany Felicíssimo de Oliveira

Resumo


Os compostos bioativos presentes nos alimentos funcionais atuam na prevenção de alterações metabólicas e celulares que são a base da síndrome metabólica. O presente estudo visou à investigação  da  ingestão  dos  alimentos  funcionais  e  compostos  bioativos  em  adultos portadores de Síndrome Metabólica. Trata-se de um estudo experimental e transversal, que utilizou indivíduos adultos com faixa etária entre 18 a 65 anos de idade, os quais entregaram exames laboratoriais de até 3 meses para que fosse caracterizada a síndrome. Foi aferida a circunferência  da  cintura  dos  indivíduos  que  apresentavam  potencial  para  participar  do estudo, recomendado pela NCEP-ATP III. Os indivíduos participantes responderam a uma frequência alimentar semi quantitativa que abordava a ingestão de alimentos funcionais. Os resultados  foram  organizados  em  gráficos  e  figuras  (Microsoft  Office  Excel  2007®). As análises  estatísticas  descritivas  e  comparativas  (teste  t  não  pareado)  foram  realizados utilizando o software graphpad prisma e valores de p<0,05 considerados significativos. Para o grupo estudado, foi observado que o consumo de alimentos funcionais ficou muito abaixo do minimamente recomendado (5 vezes/dia). A realização deste estudo foi de grande relevância para elevar o nível de conscientização e informação alimentar de qualidade em portadores da síndrome metabólica, pois referiu o consumo insatisfatório da maioria dos alimentos abordados.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.