CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE DO ENFERMEIRO: REVISÃO INTEGRATIVA DA LITEATURA

Gláucio Jorge Souza, Maria Angela Boccara Paula

Resumo


Este estudo objetivou realizar revisão integrativa da literatura sobre a identidade profissional do enfermeiro. Os dados foram coletados no mês de agosto de 2014, nas bases de dados: LILACS e SCIELO. O estudo possibilitou delinear elementos que dizem respeito às formas que o enfermeiro se percebe e como é constituída a sua identidade, tais como: a imagem de si, a identidade no processo de formação e a identidade na trajetória individual. Evidenciou-se que o processo de construção da identidade do enfermeiro está intimamente ligado ao contexto em que desenvolve as atividades específicas de sua profissão, e a quem são desenvolvidas essas atividades, mas também o que resulta dessas ações de trabalho. Percebe-se que o homem busca construir sua identidade sob a perspectiva individual e à medida que isso acontece reflete na identidade da enfermagem em geral, sendo considerada identidade coletiva, por outro lado a identidade coletiva exerce grande influência no que se refere à construção da identidade individual. Sendo assim, grandiosamente se complementam, originando a identidade singular de cada indivíduo. No processo pela busca da identidade, não é fácil saber o que efetivamente delimita sua constituição profissional ou social. Considera-se importante que se estimule o desenvolvimento de pesquisas nessa área. 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.