REPERCUSSÕES DAS ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE FRENTE À DETECÇÃO PRECOCE DO CÂNCER DE MAMA

Joyce Muniz Vichi, Maria de Fátima da Costa, Nadja de Carvalho Moreira de Oliveira

Resumo


O câncer de mama é o segundo tipo de câncer mais frequente do mundo e o mais comum entre as mulheres, respondendo por 22% dos casos novos a cada ano. Considerado problema de saúde pública, o câncer de mama é um grupo heterogêneo de doenças, com comportamentos distintos. Para obter o controle da doença, destaca-se em particular a importância de ações intersetoriais que promovam acesso a informações e ampliem oportunidades para controle do peso corporal e a prática regular de atividade física. A prevenção primária do câncer de mama está relacionado ao controle dos fatores de riscos conhecidos, embora alguns desses fatores, os hereditários e os relacionados ao ciclo da mulher, não sejam possíveis de mudanças. Este diagnóstico quando identificado em estágios iniciais apresenta prognóstico favorável. Para isso é necessário implantar estratégias para a detecção precoce da doença, sendo fundamental a educação da mulher e dos profissionais de saúde para o recolhimento dos sinais e sintomas do câncer de mama, assim como o acesso rápido e facilitado aos serviços de saúde.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.