SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM EM CARDIOLOGIA NA SÍNDROME DE MARFAN: RELATO DE EXPERIÊNCIA

Bárbara Silvestre da Silva Pereira, Denis Fernandes da Silva Ribeiro, Diana Ruth Farias Araujo Gaspar, Iza Cristina dos Santos, Karla Valéria Pacheco Teixeira da Silva Arcoverde

Resumo


Síndrome de Marfan (SMF) é uma doença hereditária e autossômica, com mutação no gene fibrilina no cromossomo 15. As principais alterações cardiovasculares são o prolapso da válvula mitral e a dilatação da artéria aorta. Trata-se de um relato de experiência, de teor descritivo e abordagem qualitativa, vivenciado por acadêmicos de enfermagem no estágio extracurricular em um Hospital de Referência em Cardiologia no Rio de Janeiro (RJ), no mês de setembro de 2015. O objetivo é relatar a experiência no atendimento ao paciente com SMF admitido neste serviço hospitalar; e aplicar à este caso a Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE) voltada para a cardiologia. Paciente sexo masculino, 31 anos, branco, hipertenso, com hipótese diagnóstica de Dissecção Aórtica tipo A. Ao exame físico, acordado, lúcido e orientado, sudoreico, hipocorado, acianótico e anictérico, taquicárdico, taquidispneico em ar ambiente, normotenso, febril, Ausculta Pulmonar sem alterações, Ausculta Cardíaca: ritmo cardíaco irregular em 2 tempos bulhas normofonéticas com sopro sistólico +2/+4, abdome inalterado, membros superiores (MMSS) e inferiores (MMII) sem edemas com perfusão periférica lentificada. Os diagnósticos de enfermagem traçados foram: 1- Débito cardíaco diminuído; 2- Ventilação espontânea prejudicada; 3- Padrão respiratório ineficaz; 4- Termorregulação ineficaz; 5- Intolerância à atividade; 6- Risco de perfusão tissular cerebral ineficaz relacionado à dissecção arterial. O comprometimento cardíaco impacta diretamente no funcionamento dos demais órgãos. Assim, a SAE torna-se necessária para a elaboração e padronização da assistência de enfermagem ao paciente portador de SMF, respeitando suas particularidades e com foco nos principais problemas apresentados.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.