PERCEPÇÃO DOS PROFISSIONAIS SOBRE AS OFICINAS TERAPÊUTICAS COMO INSTRUMENTO DE REABILITAÇÃO NO CENTRO DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL

Aline Raquel de Sousa Ibiapina, Claudete Ferreira de Souza Monteiro

Resumo


Objetivo: Discutir as oficinas como instrumento terapêutico de reinserção social do usuário a partir da percepção de profissionais do Centro de Atenção Psicossocial. Método: Estudo qualitativo, descritivo, desenvolvido com sete profissionais de um Centro de Atenção Psicossocial de uma cidade da região Nordeste do Brasil. Para produção dos dados utilizou-se uma entrevista semiestruturada e dados analisados pelo software Iramuteq. Resultados: São apresentados dois segmentos: o primeiro retrata a realidade do trabalho dos profissionais no Centro de Atenção Psicossocial. O segundo ressalta as oficinas terapêuticas como instrumento de reinserção social. Considerações finais: Os resultados mostram que as oficinas terapêuticas contribuem para a efetivação da mudança social acerca da doença mental e para inclusão social de pessoas com transtornos psíquicos no cotidiano familiar, na comunidade, incentivadas pela abordagem multidisciplinar.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.