AVALIAÇÃO DO CONHECIMENTO DE MÉDICOS SOBRE A RELAÇÃO ENTRE DOENÇAS PERIODONTAIS E DOENÇAS SISTÊMICAS

Julia Alexandra Aragão da Conceição, Carina Maciel Silva-Boghossian

Resumo


Existe uma conexão entre a saúde bucal e a saúde sistêmica, principalmente no caso de paciente portadores de doenças periodontais. Objetivo: O objetivo deste estudo é avaliar o conhecimento de médicos, que trabalham no Hospital Adão Pereira Nunes, Saracuruna, Duque de Caxias, sobre a relação entre doenças periodontais e doenças sistêmicas. Metodologia: Questionários com 13 perguntas, que incluem questões sobre a relação entre as doenças orais e as metabólicas foram aplicados a 50 médicos que trabalham no Hospital Adão Pereira Nunes, Saracuruna, Duque de Caxias. Os participantes foram grupados em até 8 anos de formado (n = 26) e mais de 8 anos de formado (n = 24). Os dados foram testados pelos testes Mann-Whitney e do Qui-quadrado, ao nível de significância a 5%. Resultados: A grande maioria dos participantes, independentemente do grupo, já referiu paciente ao cirurgião-dentista, e o principal motivo foi a presença de lesão intra-oral. Maior parte dos respondentes apontou o sangramento gengival como sintoma primário da doença periodontal. Além disso, quase 100% dos participantes apontou existir relação entre doença periodontal e doenças sistêmicas, sendo doença cardiovascular a mais frequentemente citada. O principal meio de obtenção de informação sobre o assunto citado foram livros e periódicos. Conclusão: A grande maioria dos médicos, participantes do presente estudo, está ciente da relação existente entre doenças periodontais e doenças sistêmicas, principalmente, as doenças cardiovasculares. Isto foi evidenciado pela alta taxa de encaminhamento dos pacientes a dentistas e o conhecimento sobre os sinais clínicos da doença periodontal.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.