SOBRE A ORGANIZAÇÃO E ANÁLISE DE PESQUISAS NA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA BRASILEIRA EM EDUCAÇÃO FINANCEIRA (1999-2015)

Rodrigo Martins de Almeida, Marco Aurélio Kistemann Jr

Resumo


Este artigo pretende apresentar um panorama das pesquisas que tratam sobre o uso da Educação Financeira Escolar com o objetivo de identificar, evidenciar, compreender e categorizar as pesquisas que foram inseridas e desenvolvidas nos últimos dezesseis. Para isso estabeleceu-se como parâmetro de análise os programas de pós-graduação no Brasil. O trabalho desenvolveu-se numa pré-análise de 55 trabalhos entre TCC, Artigos, Dissertações e Teses encontrados, realizando uma leitura flutuante dos resumos e minuciosas dos textos. Após esta fase iniciou-se o método de categorização subdividindo-os em subcategorias temáticas para posteriormente reclassificá-los em focos, dentro da perspectiva de análise de conteúdo fundamentando no Paradigma Indiciário proposta por Ginzburg. Após a seleção das pesquisas, foram elaboradas fichas de leitura de cada uma delas, identificados e evidenciados a Questão/Problema de Investigação, os Objetivos, o Referencial Teórico, os Procedimentos Metodológicos de Constituição, Análise de Dados, os Principais Resultados, Nível de Ensino e Endereço Eletrônico. Como resultado do mapeamento e análise dos textos, podemos identificar a necessidade de um maior incentivo aos trabalhos relacionados com o uso da Educação Financeira Escolar, voltando-os para o uso efetivo de metodologias para auxílio ao trabalho docente. 


Palavras-chave


Paradigma Indiciário; Educação Financeira Escolar; Estado do Conhecimento da Pesquisa

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2238-2380

 

Indexadores:

Latindex,  Diadorim, Google AcadêmicoSumarios.Org