EDUCAÇÃO FINANCEIRA: CAMINHOS PARA A IMPLEMENTAÇÃO EM ESCOLAS PRIVADAS

Anaelize dos Anjos Oliveira, Cristiane Azevêdo dos Santos Pessoa

Resumo


O presente artigo, tratando-se do recorte de um estudo maior, propõe-se a identificar formas de implementação do trabalho com Educação Financeira (EF) em escolas da rede privada do Recife-PE. O método consistiu na realização de três entrevistas semiestruturadas com os gestores e/ou coordenadores de três escolas que desenvolvem um trabalho sistemático com a EF. Os resultados apontam que a implementação da EF nas escolas se configura a partir de uma diversidade de organizações para o trabalho da temática, seja atrelando-a ao currículo de Matemática, seja trabalhando com projetos em uma abordagem interdisciplinar ou como uma disciplina isolada. A iniciativa de inserção do trabalho com a temática vem partindo das próprias escolas (com exceção de uma) diante da compreensão da importância de discussões e reflexões que partam do próprio contexto social dos alunos, gerando, assim, uma maior construção de sentidos. Outro resultado relevante é a associação do trabalho com a EF à formação de um cidadão crítico na tomada de decisões mais conscientes, na construção de reflexões diante de diferentes situações, tendo seu cotidiano como referência para significação, e na compreensão de suas ações frente ao consumo. Diante disso, conclui-se que mesmo desenvolvendo abordagens distintas para o trabalho com a  EF, a mesma vem sendo concebida em uma perspectiva crítica.


Palavras-chave


Educação Financeira; Escolas; Gestão; Implementação

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2238-2380

 

Indexadores:

Latindex,  Diadorim, Google AcadêmicoSumarios.Org