CONCEÇÕES E PRÁTICAS DE PROFESSORES DE MATEMÁTICA SOBRE EDUCAÇÃO FINANCEIRA

António Manuel Dias Domingos, Ana Santiago

Resumo


Resumo

A Educação Financeira e a sua integração no currículo são temas recentes em Portugal. O Referencial de Educação Financeira (MEC, 2013) considera-a uma temática transversal e transdisciplinar da Educação para a Cidadania, referindo a sua abordagem nas aulas de Matemática. Tendo em conta o papel desempenhado pelo professor, o seu desenvolvimento profissional e as modalidades de formação contínua que estão disponíveis para os professores, procuramos traçar um cenário que reflita a situação atual em termos de introdução do tema na aula de Matemática. Para tal recorremos a um questionário realizado a professores de matemática interessados no tema, procurando caracterizar as suas conceções e literacia financeira, desenvolvendo e analisando ao mesmo tempo cenários de formação contínua que envolvem os professores a trabalhar sobre tarefas de Educação Financeira com o objetivo de as classificar em termos do Referencial de Educação Financeira (REF) e poder integrar na sua prática letiva.

Constatamos que as conceções dos professores sobre a Literacia Financeira nem sempre se coadunam com as boas práticas que o tema pressupõe, mas é possível desenvolver e melhorar significativamente este cenário a partir da realização de formação contínua que integre tarefas que envolvam cenários de investigação com problemas relacionados com a realidade.

Palavras-chave


Educação Financeira; Literacia Financeira; Formação Contínua; Educação Matemática;

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2238-2380

 

Indexadores:

Latindex,  Diadorim, Google AcadêmicoSumarios.Org