O USO DA METODOLOGIA DA PROBLEMATIZAÇÃO COM O ARCO DE MAGUEREZ PARA O ENSINO DE QUÍMICA

Mariana Magalhães Monteiro, Valéria de Souza Marcelino

Resumo


Este trabalho teve o objetivo de verificar junto aos alunos da terceira série do Ensino Médio de uma instituição pública de ensino quais conteúdos de Química eles consideram mais difícil de aprender e porquê, e a partir destes dados, elaborar uma sequência de ensino baseada na Metodologia da Problematização com o Arco de Maguerez. Foram participantes dessa pesquisa 57 alunos e o instrumento utilizado foi a aplicação de um questionário com duas perguntas, uma objetiva e outra discursiva. Os resultados encontrados demonstram que os conteúdos que mais dificultam o processo de ensino e aprendizagem dos alunos entrevistados são aqueles que apresentam conceitos abstratos e muitas regras a serem compreendidas e que alguns dos fatores que contribuem para a grande dificuldade dos estudantes é a forma como tais conteúdos são aplicados e a falta de contextualização. Portanto, é de suma importância a adoção de metodologias de ensino para elaboração de aulas que se pautem em problemas reais do cotidiano do aluno, tornando o ensino de Química mais significativo para eles. Assim, com base nos resultados obtidos foi proposta uma sequência didática pautada no método do Arco de Maguerez tendo como tema a depressão, visto que tal doença é cada vez mais comum entre os jovens e através do mesmo é possível abordar um conteúdo assinalado como de difícil compreensão entre os participantes da pesquisa. 


Palavras-chave


Arco de Maguerez; Metodologia da Problematizaçãoo; Ensino de Química

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2238-2380

 

Indexadores:

Latindex,  Diadorim, Google AcadêmicoSumarios.OrgCapes .periodicos.

 

Anti-plágio