Experiência e narração em Diário do hospício

Patrícia Teixeira Das Chagas Rosa

Resumo


Resumo: Em face da experiência extrema de confinamento no Hospício Nacional de Alienados, durante dois meses, o escritor Lima Barreto inicia seus relatos sobre a rotina do hospício, registrando acontecimentos que julgou importantes durante o período em que esteve internado. A partir dos trechos coletados, há a construção de um discurso o qual busca coligir histórias diversas dos outros internos, promovendo, assim, a dilatação do espaço narrativo e da experiência que, somente por meio da literatura, o escritor é capaz de atingir.

Palavras-chave: Diário; Experiência; Narração.


Palavras-chave


Diário; experiência; narração.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.