A literatura como instrumento de exclusão social em Amazônia Misteriosa, de Gastão Cruls

Alexander Meireles Silva

Resumo


Assim como ocorreu na Europa, as grandes questões dos períodos do entre guerras no século vinte promoveram as condições para o surgimento da Ficção Científica no Brasil. Em nosso país, essa forma literária se apresentou através da Literatura de Distopia e refletiu o interesse das elites dirigentes com as teorias eugenistas da época e com a constituição miscigenada do povo brasileiro. Para discutir este fato, este trabalho analisa como o romance Amazônia misteriosa (1925), de Gastão Cruls, dialoga com as convenções da ficção científica britânica vitoriana durante o período da República Velha (1889-1930) e se coloca como um instrumento ideológico das elites da época contra a população brasileira.

Palavras-chave


Fantástico; Literatura Comparada; Literatura Brasileira;

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.