A importância da conscientização dos adolescentes a respeito da Diabetes Mellitus em ambiente escolar.

Cristiane Ferreira Silva, Ana Kamilla da Cruz Silva, Helder da Paula Silva

Resumo


É competência da escola, tornar acessível aos alunos o conhecimento científico e manter-se atualizada a novas descobertas. Pois, a partir desses é possível aplicar as descobertas das ciências médicas e biológicas no cotidiano familiar, no cotidiano próprio ou da comunidade. Neste contexto, a pesquisa buscou alertar de uma forma geral, tanto aos adolescentes pesquisados, quanto aos profissionais do estabelecimento presentes, as consequências que a Diabetes Mellitus pode trazer. A pesquisa contou com uma amostra de 70 adolescentes, entre 14 a 19 anos, sendo 33 do sexo feminino e 37 do sexo masculino, uma amostra bem homogênea. As variáveis foram definidas através de um questionário preliminar, seguido de uma palestra explicativa sobre a doença e após, houve uma nova avaliação com a aplicação de outro questionário. A Diabetes Mellitus vem crescendo em taxas alarmantes em crianças e adolescentes, como consequência da epidemia mundial de sobrepeso corporal, associado aos maus hábitos de consumo alimentar e sedentarismo. Na adolescência, o diabetes pode comprometer as atividades escolares e sociais devido a uma queda na autoestima, ocasionada pelos cuidados com a doença, fazendo com que os jovens portadores se diferenciem dos demais, fora os casos de internação, ocasionando afastamento da escola. Palavras chaves: Educação escolar, obesidade, sedentarismo, Diabetes Mellitus.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.