Saúde & Ambiente em Revista, Vol. 4, No 2 (2009)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

Chuva ácida: um dos fatores para o desequilíbrio ambiental

Monalisa da Silva Araujo, Ohanna Ferreira da Silva, Rozanda Guedes

Resumo


A água liberada em forma de vapor vai para a atmosfera, ao atingir certa altura o vapor de água sofre condensação devido à temperatura mais baixa, agora em estado líquido, pode retornar a terra sobre forma de chuva, uma parte infiltra no solo, sendo aproveitada por plantas e outros seres ou acumula-se em rios e oceanos. Poluentes lançados no ar por industrias e automóveis, como o dióxido de enxofre, reagem com a água e provocam a chuva ácida, frequentemente em áreas urbanas, no entanto, com a movimentação das massas de ar, ocorrem em ambientes preservados de florestas e outros ecossistemas, alterando o pH do solo, aumentando a acidez, e impedindo o desenvolvimento de sementes e plantas. A acidez na água provoca a morte dos organismos e os animais que se alimentam deles. E os peixes vão morrendo à medida que a água fica mais ácida, gerando um grande desequilibrio ambiental, causado pela queima de combustíveis fósseis, como o carvão e o petróleo, uma atividade humana, que sendo reduzida, pode minimizar as consequências no meio ambiente.