CONHECIMENTO POPULAR SOBRE PLANTAS MEDICINAIS EM LOCALIDADES LIMÍTROFES À REPRESA DE JUTURNAÍBA (SILVA JARDIM E ARARUAMA – RJ)

Isabelle Braga Cruz, Pollyana Braga Ramalho, Erika Negreiros

Resumo


As plantas medicinais, desde a antiguidade, são usadas como auxílio e solução no tratamento de muitas enfermidades por diversos povos. A eficácia e facilidade no acesso ao produto tem tornado esse meio de medicação bastante desenvolvido. O conhecimento sobre fitoterápicos transmitido de geração em geração tornou-se uma cultura forte que abrange várias comunidades do mundo, como as européias, africanas e indígenas. A base deste trabalho é conhecer a relação das comunidades dos municípios de Silva Jardim e Araruama com as plantas medicinais disponíveis na região, quanto ao uso, conhecimento dos verdadeiros princípios ativos dos fármacos, mitos e verdades na administração e problemas relacionados ao uso dos mesmos. Para tanto o recurso utilizado foi aplicação de questionário com 20 moradores destas cidades. Os resultados mostraram que, independente da idade, o uso de plantas medicinais ainda se mantém como recurso auxiliar na prevenção, tratamento e cura de muitas doenças. Palavras-chave: plantas medicinais, fármaco, cultura

Apontamentos

  • Não há apontamentos.