Ensino de Microbiologia de Alimentos

Juliana Aparecida Souza da Paz, Patrícia Carlin Fagundes, Maria do Carmo de Freire Bastod, Carine Garcia Quinet

Resumo


Microbiologia é o ramo da biologia que estuda a forma, reprodução, fisiologia e taxonomia dos micro-organismos e também a sua interação com outros seres vivos e com o meio ambiente. Esta área abrange fungos, vírus, protozoários, algas microscópicas e bactérias, que são micro-organismos unicelulares, procarióticos, cujas células, geralmente, se caracterizam por não possuírem uma membrana envolvendo os cromossomos e separando-os do citoplasma. Algumas bactérias podem trazer benefícios aos seres humanos como, por exemplo, as bactérias do ácido láctico (BAL), que se tratam de micro-organismos normais da microbiota intestinal, tanto de seres humanos como animais, e algumas espécies são usadas como probióticos. No entanto, muitas bactérias podem fazer mal ao ser humano. Estas bactérias podem ser encontradas em vários lugares, dentre eles, os alimentos que consumimos. A existência de bactérias em alimentos tornou-se conhecida com o surgimento dos alimentos preparados, onde começaram a ocorrer os problemas relacionados com doenças transmitidas pelos alimentos e com a rápida deterioração devido, principalmente, à conservação inadequada dos alimentos. Em razão desta problemática, um maior conhecimento e esclarecimento (por parte dos alunos do Ensino Médio), a respeito da microbiologia de alimentos, se fizeram necessários. O objetivo do trabalho foi avaliar o nível de conhecimento dos alunos de uma escola técnica particular em Duque de Caxias acerca das questões relacionadas à microbiologia de alimentos, assim como mostrar aos alunos a importância de se selecionar, manusear e preparar alimentos com rigor nas práticas higiênicas. Além disto, foram oferecidas aos estudantes informações básicas a respeito das bacteriocinas, substâncias que vêm sendo cada vez mais estudadas, a fim de proporcionar um maior contato com o meio científico. Uma variedade de recursos didáticos foi utilizada. O presente trabalho comprovou que em uma aula obtém-se muito mais rendimento com o uso de variados recursos didáticos, além de mostrar a importância da inserção e maior espaço da microbiologia de alimentos nas pautas de aula, para maior conscientização dos alunos frente a um tema que está extremamente associado ao cotidiano e pode evitar diversos tipos de intoxicações alimentares e até mesmo a morte decorrente do consumo de alimentos contaminados. Palavras-chave: Microbiologia, bacteriocinas, recursos didáticos

Apontamentos

  • Não há apontamentos.