EXPERIÊNCIA VIVIDA E A ESCOLHA DO OBJETO DE PESQUISA NA EDUCAÇÃO: MEMÓRIAS DE UMA FORMAÇÃO

Cristina Novikoff

Resumo


Este trabalho tem como objeto a experiência vivida (JODELET, 2005) da docência pela práxis, ou seja, da docência articulada na/pela pesquisa que resulta em intervenções e novos estudos. Objetiva descrever como essa experiência configura a escolha e o modus operandis dos objetos de pesquisa na educação. Relata um sucinto memorial e discute a relação entre a formação inicial de professores e a pesquisa. Ancorado no conceito de professor-pesquisador (DINIZ-PEREIRA, 2005) sob a perspectiva crítico-emancipatória (SAVIANI, 1991), o texto elabora a ideia da importância da pesquisa qualitativa de abordagem etnográfica como caminho para realizar pesquisa na educação. Espera-se contribuir com o ensino-aprendizado do pensar-fazer pesquisa de modo ético, responsável e interdisciplinar

Palavras-chave: Experiência Vivida; Pesquisa etnográfica; Formação de Professores


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.