AFRÂNIO COUTINHO E BERNADETE ANGELINA GATTI: A LUTA PELA EDUCAÇÃO BRASILEIRA

Cristina Novikoff, Vera Teixeira Kauss

Resumo


Resumo

Apresenta o diálogo entre duas professoras que trabalham com a formação de professores de modo interdisciplinar no mestrado em letras e ciências humanas. A primeira trabalhou como Professora Colaboradora do Centro de Estudos Afrânio Coutinho - CEAC, na Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, lendo os discursos que o Professor Afrânio escreveu ao longo de sua vida acadêmica. A segunda, trabalhando com a formação de professores desde 1997, foi aluna de Bernadete Gatti no doutorado na Pontifica Universidade Católica de São Paulo – PUCSP, e culminou sua jornada acadêmica com a criação de um grupo de pesquisa que trata da prática formativa pautada nas idéias de Gatti. A articulação entre os dois ícones da educação - Afrânio e Gatti-, surge quando a primeira apresenta Afrânio Coutinho no Laboratório do Grupo de Estudos e Pesquisas em Representações Sociais na/para Formação de Professores - LAGERES_Unigranrio. O presente artigo é uma tentativa de estabelecer uma ponte entre passado e presente como um caminho interdisciplinar e estratégia possível para enfrentar os desafios vigentes dos cursos de licenciatura de futuras gerações de professores.

                                                                                                 

Palavras-chave: Afrânio Coutinho. Bernadete Gatti. Educação

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.